Fisioterapia na Oncologia

4 de março de 2012 Notícias  Nenhum comentário

Observa-se o quanto é importante o “INFORMAR PARA REABILITAR”.
Diante desta afirmação, verifica-se, cada vez mais, a necessidade de uma abordagem interdisciplinar em relação ao paciente oncológico com médicos (nas diversas especialidades oncológicas), psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, e tantos outros de fundamental valor nesta fase de sobressalto do paciente ao receber o diagnóstico, tratamentos a realizar, levando-o a alterar enormemente seu estado físico e psicológico.

O paciente muitas vezes, neste momento, se sente mais abatido e sem perspectivas, logo a inatividade e o isolamento tornam-se rotina em sua vida.

Constatou-se com especial interesse e de forma alarmante, segundo um relato comum dos pacientes, o não entendimento entre o que podem ou não fazer, por quanto tempo e como fazer, advindo daí um desânimo, desesperança, falta de motivação, o que por muitas vezes, pode levá-los ao sedentarismo, a alterações respiratórias por maus posicionamentos, a maiores e desnecessários cansaços, por excessivas e inadequadas atividades, à decepção consigo mesmo, a paradas de atividades que gostavam de fazer, ao não discernimento dos cuidados de hoje para a melhora de amanhã, a piora de sua saúde, enfim, a piora de seu quadro geral.

Nota-se, também, o fato relatado por muitos deles de sua surpresa quanto ao que a Fisioterapia pode explicar sobre sua nova fase e como estas orientações mudaram a forma de enfrentar todo o processo e principalmente o bem estar pela maior parte do tempo possível. Relatos como: “Eu não sabia…”; “Não fazia assim…”; “Fiz tudo errado…”; “Como me senti melhor…”.

A idéia da reabilitação em Fisioterapia Oncológica é considerar o ser humano globalmente, fornecendo-lhe informações, orientações, tratamentos e acompanhamentos integrados, concretos, palpáveis e direcionados para a composição multidisciplinar de cada paciente e os acontecimentos que o cercam.

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>